• Oferta de boas-vindas para todos
  • Até 30% de desconto
  • Pílulas Gratuitas
Telefone do apoio Telefone do apoio
Horário comercial 09:00 - 17:00 Telefone brasileiro: Telefone internacional:

Como lidar com disfunção erétil

A disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual é um problema que atinge cerca de três a cada dez brasileiros segundo dados da organização mundial de saúde. A parte dos efeitos físicos, o quadro pode ser retroalimentado pelo efeito psicológico causado pela própria disfunção. Neste texto abordamos como lidar com a disfunção erétil.

Primeiro passo: Compreendendo as causas

Disfunção erétil consiste na dificuldade em chegar à ereção ou sustentá-la durante toda a relação sexual . São vários os fatores que podem ocasionar disfunção erétil, cada uma delas demandam um tratamento específico.

Quadros psicológicos

Tanto a depressão quanto a ansiedade podem produzir efeitos no desempenho sexual masculino. O cansaço e o excesso de álcool também podem influenciar negativamente a ereção.

Colesterol desregulado e pressão elevada

O colesterol desregulado pode distribuir as placas de gordura na artéria peniana, isso dificulta o fluxo sanguíneo no pênis e consequentemente dificultar a ereção.

Artigo relacionado: Compre Viagra Genérico (Sildenafil) online em farmácia brasileira sem receita

Já a pressão alta tem por característica tornar os vasos sanguíneos mais rígidos, o que ocasiona a restrição do fluxo sanguíneo e por consequência problemas de ereção.

Diabetes e pré-diabetes

A glicose em níveis desregulados tem como efeito secundário o engrossamento da parede arterial. O resultado desse engrossamento, nas artérias que irrigam o membro, é a diminuição do fluxo sanguíneo na regi ão e consequentemente diminuição da força da ereção.

Andropausa

A diminuição dos níveis de testosterona pode sim ser a causa de disfunção erétil, contudo, nem toda disfunção é efetivamente causada pela andropausa. De fato, a grande maioria dos quadros de disfunção erétil ocorre por outros fatores. O principal efeito da andropausa é a diminuição da libido no homem.

Segundo passo: Dialogue com sua parceira

Por mais que o efeito físico seja percebido no homem, a disfunção erétil sob a perspectiva psicológica afeta o casal. Independentemente da sua origem, é importante abrir uma comunicação franca com a parceira de forma a minimizar a pressão e a expectativa que o casal tem sobre a relação sexual.

Esta é uma boa hora para o casal se aprofundar junto sobre o tema e fortalecer a parceria e a união, para atravessar esse delicado período de sua história até por fim consolidar a relação a um nível antes não imaginado. Com as crises surgem as oportunidades.

Terceiro passo: Alimentação e exercícios

É de conhecimento público que quadros psicológicos, níveis desregulados de colesterol, pressão arterial elevada e pré -diabetes podem ser combatidos de forma muito eficiente com exercícios físicos e alimentação saudável. E essa é uma excelente oportunidade para trazer saúde para seu dia-a-dia.

Opte por exercícios que melhoram o condicionamento cardiovascular, como caminhada, corrida ou bicicleta.

Muito cuidado: É extremamente importante procurar um cardiologista de confiança para realizar os exames necessários antes de iniciar uma rotina de atividades físicas.

Para a alimentação procure incluir alimentos que aumentam os níveis de testosterona, como ostras, feijão, fígado e castanha, alimentos ricos em vitamina D como ovo, salmão ou sardinha e também os ricos em vitamina A, como espinafre, tomate e manga.

Ingerir alimentos ricos em triptofano, como amendoim, queijo ou frango, ajudam na melhora do humor, uma vez que a substância auxilia o nosso organismo na produção de serotonina, o hormônio da felicidade.

Artigo relacionado: Levitra Original no Brasil: encomende tabletes de 10mg ou 20mg em farmácia online

Evite alimentos que contém substâncias fitoestrógenas, como a soja, linhaça, café e cerveja. Essa substância atua no corpo de maneira semelhante ao hormônio feminino e neste período pode desacelerar a recuperação.

Evite alimentos industrializados! U ma alimentação saudável não contém corantes, conservantes, estabilizantes e outras substâncias químicas. Busque uma alimentação natural com ingredientes diversificados. Troque o supermercado pela feira de forma a consumir a maior quantidade possível de ingredientes frescos. Prefira orgânicos.

Quarto passo: Procure um especialista

Os melhores e mais efetivos resultados são alcançados por equipes multidisciplinares, pois normalmente a disfunção erétil é um sintoma do desequilíbrio em mais de um sistema. O ideal é atuar em todas as frentes e assim alcançar resultados duradouros.

Endocrinologista: Avalia dentre várias outras patologias a diabetes, obesidade e andropausa.

Cardiologista: Atua na identificação de problemas circulatórios

Nutricionista : Avalia e direciona a alimentação

Psicólogo: Atua no equilíbrio emocional

Personal Trainner: Planeja e acompanha a rotina de exercícios

Urulogista: Atua na disfunção erétil

Ao abordar a disfunção erétil em todas as perspectivas da patologia, é possível resolver o problema de uma vez por todas , recuperar a qualidade de vida e voltar a ter uma vida sexual ativa e saudável.



Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a visitar este site, você concorda com os nossos cookies.

Entendi