• Oferta de boas-vindas para todos
  • Até 30% de desconto
  • Pílulas Gratuitas
Telefone do apoio Telefone do apoio
Horário comercial 09:00 - 17:00 Telefone brasileiro: Telefone internacional:

Levitra funciona mesmo

O medicamento da Bayer Healthcare chegou ao mercado em 2011 prometendo resolver um problema que atinge aproximadamente 200 milhões de homens no mundo, a disfunção erétil, ou, como é popularmente conhecida, a impotência sexual masculina. Encontre aqui todas as respostas que está procurando. Levitra realmente funciona? Quais as Indicações? Existem contraindicações?

A quem o Levitra é indicado?

O medicamento é indicado para homens que apresentem sintomas de disfunção erétil . O princípio ativo do Levitra é o Vardenafil, um composto que age no organismo elevando o fluxo sanguíneo na região do pênis na presença de estímulos sexuais.

Seu funcionamento requer que o medicamento seja administrado entre quatro a cinco horas antes da relação sexual para o máximo efeito e para que a ereção ocorra é imperativo que haja estímulo sexual.

ATENÇÃO: O laboratório também informa que o tratamento jamais deve exceder um comprimido por dia.

Quais os efeitos colaterais do Levitra?

Assim como todo e qualquer medicamento, é importante estar atento quanto ao seu uso e reações adversas do Levitra.

Como o vardenafil atua aumentado o fluxo de sangue, em pessoas com pré-disposição para elevação da pressão arterial podem ocorrer um súbito aumento da pressão que pode levar ao infarto. Pessoas com idade superior a 65 anos, portanto, devem consultar um médico antes de administrar essa substância.

Outros efeitos colaterais indicados na bula são:

Coriza nasal

Dores de cabeça

Tonteira

Dor de estômago

Vermelhidão na face

Em raríssimas ocasiões, foram registrados casos onde a ereção do paciente se tornou permanente, causando desconforto e constrangimento.

Administrar o Levitra sem necessidade ou prescrição médica é fortemente não recomendado.

É preciso receita para comprar o Levitra?

Não existe a necessidade da retenção da receita no momento da compra do Levitra, mesmo assim, é necessário o acompanhamento médico ao fazer uso desta substância.

O medicamento não deve ser administrado em pacientes diagnosticados com problemas de pressão arterial ou de origem cardíaca.

Comparativo do Levitra com os principais concorrentes: Cialis e Viagra

Desenvolvidos para os mesmos fins, cada um desses medicamentos adota uma substância e estratégia diferente para vencer os problemas de ereção e assim possibilitar o aumento da qualidade de vida do homem moderno.

Levitra

O medicamento que não possui versões genéricas no mercado atua elevando o fluxo de sangue na região do pênis quando estimulado sexualmente. Para que atinja seu efeito máximo durante o ato sexual deve ser administrado aproximadamente quatro horas antes da relação sexual. Seu efeito tem início cerca de 15 minutos após a ingestão e é vendido na forma de comprimidos revestidos.

O Levitra é indicado para todas as faixas etárias, incluindo adolescentes.

Cialis

O medicamento também não conta com genérico disponível no mercado e melhora o fluxo sanguíneo peniano quando estimulado sexualmente . Deve ser ingerido 30 minutos antes do ato sexual e seu efeito pode durar até 36 horas. Está disponível na forma de comprimidos revestidos e também de orodispersíveis.

O Cialis é indicado para homens acima de 50 anos.

Viagra

O mais famoso medicamento para o tratamento de disfunção erétil pode ser encontrado no mercado em sua formulação genérica. Também atua promovendo a melhora do fluxo de sangue na região peniana caso haja estimulação sexual. Com efeito de até 5 horas na versão mais forte, deve ser ingerido 30 minutos antes da relação sexual. É vendido como comprimidos revestidos.

A recomendação do Viagra é que só seja administrado em pacientes acima de 50 anos com acompanhamento médico.

Conclusão

Baseado no vardenafil , o Levitra compõe um dos três principais medicamentos de ingestão via oral para o tratamento da impotência sexual masculina. Apesar de não haver necessidade de retenção da receita, é muitíssimo importante o acompanhamento médico, principalmente nos casos onde existam históricos de problemas de pressão ou relacionados ao sistema cardiovascular.

Diferente de seus concorrentes, para atingir o potencial máximo do medicamento, é necessário ingerir o comprimido de quatro a cinco horas antes do ato sexual.

A ereção com o Levitra (e também com seus principais con correntes, o Viagra e o Cialis ) necessita que hajam estímulos sexuais.

Os melhores resultados no tratamento da disfunção erétil são obtidos atuando em várias das possíveis origens da impotência: psicológica, melhoria da qualidade de vida e por fim os medicamentos. Consulte seu médico de confiança.



Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a visitar este site, você concorda com os nossos cookies.

Entendi